Na Bíblia encontramos vários nomes e significados para Deus. Os nomes de Deus na Bíblia revelam importantes características sobre sua pessoa e identidade.

Em muitas culturas, um nome é dado a uma pessoa para descrever seu caráter ou os anseios dos pais de ver determinado caráter desenvolvido na vida de seus filhos. Ao longo das Escrituras, Deus é descrito por vários nomes e títulos que enfatizam características específicas que são encontradas somente no único e verdadeiro Deus.

Pelo fato de Deus se relacionar com seu povo de muitas maneiras diferentes, há muitos nomes que descrevem Seu relacionamento com as pessoas. Os nomes de Deus no Antigo Testamento se enquadram em dois grupos. Primeiro, os nomes simples (nome único) descrevem Deus. Segundo, os nomes compostos (junção de dois nomes) descrevem Deus de uma maneira mais específica.

Os nomes de Deus em hebraico - Jeová (Javé, YHWH)

"YHVH" é uma palavra hebraica que traduzida significa "SENHOR. Essa lista trás títulos e nomes compostos.

  • Jeová (algumas vezes diz-se Javé), uma referência à salvação divina que é concedida por Deus. Significa "Eu sou o que sou” (Êxodo 3:13,14).
  • Jeová-Jiré, que significa “O Senhor proverá” - Provavelmente, o maior teste de fé na vida de Abraão ocorreu quando Deus o chamou para sacrificar seu filho. Quando Isaque perguntou a seu pai sobre o animal do sacrifício, Abraão respondeu: “Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho.” (Gênesis 22: 8). Naquele mesmo dia, Deus honrou a fé de Abraão e preservou a vida de Isaque, providenciando um carneiro em seu lugar. “E chamou Abraão o nome daquele lugar: O SENHOR PROVERÁ; donde se diz até ao dia de hoje: No monte do SENHOR se proverá.” (Gênesis 22:14). Gênesis 22:13,14
  • Jeová-Mequedesh, que significa “O Senhor que santifica”. Êxodo 31:13
  • Jeová-Nissi, que significa “O Senhor, nossa bandeira” - Quando Deus deu a vitória a Israel sobre Amaleque, Moisés edificou um altar, e o chamou: "O SENHOR É MINHA BANDEIRA” (Êxodo 17:15). O nome Jeová-Nissi significa “O Senhor é meu estandarte” ou “O Senhor que prevalece”. A definição desse nome para o cristão é que não estamos sozinhos na batalha. Como soldados, marchamos sob a bandeira e as cores de Deus. A batalha pertence a Deus e a vitória já está garantida. O cristão pode, portanto, servir ao Senhor com total confiança na vitória sobre as trevas. Êxodo 17:15
  • Jeová-Rafá, que significa “O Senhor que nos cura” - Deus sempre quer o melhor para seu povo. Quando Ele tirou Israel do Egito, Ele queria que seu povo vivesse uma vida plena e abençoada. “Se ouvires atento a voz do SENHOR teu Deus, e fizeres o que é reto diante de seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos seus mandamentos, e guardares todos os seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque eu sou o SENHOR que te sara” (Êxodo 15:26). Esse nome enfatiza a preocupação de Deus com nosso bem-estar e saúde.
  • Jeová-Roi, que significa “O Senhor, meu pastor”. SaImo 23:1
  • Jeová-Sabaote, que significa “O Senhor dos Exércitos” - Este nome enfatiza o poder e a glória de Deus. A palavra “hostes” é usada na Bíblia para se referir a tropas, exército (Salmo 148:2), anjos (Lucas 2:13), santos (Josué 5:15) e pecadores (Juízes 4:2). Como Senhor dos Exércitos, Deus está trabalhando por meio de todos esses “exércitos” para cumprir seus propósitos. O cristão tem a garantia da promessa: “O Senhor dos exércitos está conosco” (Salmos 46:7). Ao mencionar a segunda vinda de Cristo, Davi fez e respondeu à pergunta: “Quem é este Rei da Glória? O Senhor dos exércitos, ele é o Rei da glória” (Salmos 24:10). A expressão “Senhor dos Exércitos” é usada mais de 170 vezes na Bíblia para representar o Senhor.
  • Jeová-Samá, que significa “O Senhor que está presente” - Quando Ezequiel conclui sua palavras sobre a cidade eterna, ele registra, “e o nome da cidade desde aquele dia será: o SENHOR ESTA ALI” (Ezequiel 48:35). Esse nome de Deus enfatiza sua presença. Quando Deus chamou Moisés para tirar Israel do Egito, ele prometeu: “Certamente eu serei contigo” (Êxodo 3:12). Jesus prometeu: “Eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mateus 28:20). O Senhor está sempre presente.
  • Jeová-Shalom, que significa "O Senhor é paz” - Quando Deus chamou Gideão para libertar Israel dos opressores midianitas, “Gideão edificou ali um altar ao SENHOR, e chamou-lhe: O SENHOR É PAZ (Jeová-Shalom)” (Juízes 6:24). O nome Jeová-Shalom significa “O Senhor é a nossa paz”. A construção desse altar antes da reunião de um exército ou de um plano de batalha foi um ato de fé da parte de Gideão. A única maneira de conhecer Jeová-Shalom é pela fé. “Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo” (Romanos 5:1). Ao buscarmos viver para Deus de forma obediente, a Bíblia diz: “O Deus de paz estará com vocês” (Filipenses 4:9). Juízes 6:24
  • Jeová-Tsidquenu, que significa “O Senhor, justiça nossa” - Quando o Senhor retornar a este mundo no final dos tempos, muitos judeus reconhecerão seu Messias e se voltarão para Ele como Salvador. "Nos seus dias Judá será salvo, e Israel habitará seguro; e este será o seu nome, com o qual Deus o chamará: O SENHOR JUSTIÇA NOSSA” (Jeremias 23:6). Nossa entrada no céu não depende de nossa justiça pessoal, mas da justiça de Deus praticada em nossa vida.

Deus, Único e Verdadeiro

Existem três nomes de Deus com mais destaque na Bíblia. O nome Elohim, traduzido “Deus”, é de longe o nome mais usado para se referir a Deus. Esse nome descreve Deus como o Forte que se manifesta por Sua Palavra. Esse é o nome e o sobrenome de Deus usados ​​em vários textos da Bíblia (Gênesis 1:1; Apocalipse 22:19). O nome Jeová (traduzido como SENHOR) é conhecido como o nome da "Aliança de Deus" porque é mais frequentemente usado no contexto de Deus se relacionando com Seu povo. O terceiro nome com mais destaque é Adonai, que significa Senhor ou Mestre. Esse nome enfatiza a autoridade de Deus sobre o que Ele possui.

  • Adonai, que significa “Senhor” – uma referência à soberania de Deus. Malaquias 1:6
  • Elohim, que significa “Deus” – É um dos nomes mais usados ​​para definir Deus nas Escrituras. Este nome é usado em Gênesis 1:1, “No princípio [Elohim] criou os céus e a terra”. O termo "Elohim" significa "supremo" ou "poderoso". Não é usado apenas para o único Deus verdadeiro, mas também é usado ocasionalmente para se referir a governantes humanos, juízes e até mesmo anjos. A palavra aparece cerca de 2.750 vezes no Antigo Testamento. Gênesis 1:1; Salmo 19:1
  • El-Elyon, que significa “O Deus Altíssimo” – Este nome é usado para identificar Deus, particularmente aos gentios politeístas. A definição do nome é que o verdadeiro Deus de Israel estava acima de todos os outros deuses dos gentios. Esse título é usado pela primeira vez nas Escrituras para identificar Melquisedeque, “o sacerdote do Deus Altíssimo” (Gênesis 14:18). Naquela época, Melquisedeque atribuiu a vitória militar de Abraão a El-Elyon (O Deus Altíssimo). Ele também é conhecido como “O Possuidor dos céus e da terra” (Gênesis 14:22). Gênesis 14:17-20; Isaías 14:13, 14
  • El-Olam, que significa “O Deus eterno” – Em sua experiência com Deus, Abraão também o conheceu como “O Deus eterno” (Gênesis 21:33). Este nome indica que Deus não é limitado pelo tempo, pois ele é eterno. Moisés escreveu: “De eternidade a eternidade, tu és Deus” (Salmos 90: 2). O nome El Olam define a verdade sobre a eternidade de Deus. Isaías 40:28-31
  • El-Roi, que significa “O Forte que vê” – Agar, a egípcia, experimentou uma situação de desprezo e humilhação. Não amada como uma serva, ela engravidou de Abrão e depois foi maltratada por Sarai, sua senhora. Ela fugiu e foi encontrada por um anjo do Senhor, que sem disse à ela: Eis que concebeste, e darás à luz um filho, e chamarás o seu nome Ismael; porquanto o SENHOR ouviu a tua aflição. Gênesis 16:11
  • El-Shadai, que significa “O Deus das montanhas” ou “O Deus Todo Poderoso” – Os nomes de Deus às vezes são usados ​​com outros nomes para identificar uma característica específica de Deus. O nome El-Shaddai significa “O Deus Todo Poderoso”. Esse nome expressa a suficiência total de Deus. Quando Abraão tinha noventa e nove anos e ainda não tinha herdeiro (filho), “O Deus Todo Poderoso” renovou sua aliança com ele (Gênesis 17:1, 2). SaImo 91:1

Outros títulos e nomes que Deus é conhecido

  • Aba Pai – É um termo bíblico de origem aramaica “ábba” que significa “o pai” ou “meu pai”. Romanos 8:15
  • Pai das luzes – Tiago 1:17
  • Deus de Israel – Juízes 5:3
  • O Alfa e o Ômega – Apocalipse 1:8
  • O Santo de Israel – Isaías 12:6
  • O Deus de Abraão, o Deus de Isaque, o Deus de Jacó – Êxodo 3:15
  • Deus de toda a terra – Isaías 54:5